image

A Prefeitura de Sorocaba confirmou através de exame laboratorial dois casos importados do vírus zika em 2016. O balanço epidemiológico foi divulgado nesta quarta-feira (3) pela Secretaria Municipal da Saúde de Sorocaba (SES). 

Conforme a SES, o paciente morador da região do Wanel Ville teria viajado ao Rio de Janeiro. No segundo caso, o indivídio teria ido a Ribeirão Preto e mora na região da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Márcia Mendes – que abrange diversos bairros.

Também há uma gestante com suspeita de microcefalia, cuja notificação foi feita no começo de dezembro e ainda não houve resultado divulgado pelo instituto Adolfo Lutz. De acordo com o secretáriode Saúde, Francisco Antônio Fernandes, a gravidez da paciente está sendo acompanhada.

Por orientação do grupo de Vigilância Epidemiológica Estadual, a partir de agora, os casos supeitos de zika importados de locais com transmissão sabidamente estabelecida serão considerados confirmados por meio de critério clínico epidemiológico, não sendo necessário exame laboratorial. 

Dengue e chikungunya

Também estão confirmados seis casos da febre chikungunya, todos importados. Cinco ainda aguardam resultado.Já as notificações de dengue somam 67 casos confirmados, sendo 30 importados. Foram 3.566 notificações desde julho de 2015 até agora. No mesmo período, de 2014 a 2015, foram registradas 6.496 notificações e 2.729 casos confirmados.

Anúncios